Celebremos o Dia do Amigo

Oi, gente! Vocês sabiam que hoje é Dia do Amigo? Uma data que merece ser comemorada, não é mesmo? Afinal, não dá pra imaginar a vida sem eles ao nosso lado, nos apoiando e falando aquelas verdades inconvenientes que as vezes precisamos ouvir. Mario Quintana já dizia:

“Há 2 espécies de chatos: os chatos propriamente ditos e os amigos, que são os nossos chatos prediletos.”

Brincadeiras a parte, vamos combinar né gente, quem tem amigo tem tudo nessa vida! E sabe o que é interessante, existem estudos que indicam que eles não só melhoram a qualidade de vida como de fato podem fazer com que você viva mais. Tudo de bom, não é mesmo?

Como surgiu o Dia do Amigo

Quando o homem chegou à lua, em 20 de julho de 1969, o professor e médico argentino Enrique Ernesto Febbrano ficou tão impressionado ao constatar que quando a humanidade se une, não há objetivos impossíveis,  que enviou cerca de quatro mil cartas para diversos países e cidades argentinas, com o intuito de criar o Dia do Amigo.

Em 1979 o governo argentino criou oficialmente o Dia do Amigo, gradualmente, vários outros países foram aderindo à data, como foi o caso do Brasil em 1990. Em 2011 a ONU (Organização das Nações Unidas) proclamou como 30 de julho, Dia Internacional da Amizade, com propósito de que o companheirismo entre povos, países, culturas e indivíduos inspire esforços pela paz e construa ligações mais fortes entre comunidades.

Dessa forma, o Dia do Amigo pode variar conforme o país, mas o que não muda é o sentimento que guardamos no fundo do nosso coração, afinal, não dá pra imaginar a vida sem essas pessoas queridas que enchem a nossa existência de alegria, que estão ao nosso lado nos piores e melhores momentos.

Amigo é coisa para se guardar

“Amigo é coisa para se guardar debaixo de sete chaves dentro do coração…”

essa música é linda, escrita por Milton Nascimento, para homenagear seu amigo o multi-instrumentista sul-africano Ricky Fataar, reflete exatamente o que penso sobre amizade.

Adoro estar entre amigos, como já me mudei várias vezes de cidades e país, por onde passo cultivo novas amizades que agregam valor e amor para minha vida, me fazem uma pessoa melhor, e me incentivam a ver o mundo através de uma nova perspectiva, já falei sobre isso no post sobre sair da zona de conforto, mas sempre gosto de reforçar como meus amigos e familiares me ajudaram a chegar até aqui.

Quando me mudei para cá, nos Estados Unidos, me sentia muito sozinha, queria ter um amigo ou amiga daqueles que conhecem a gente como ninguém e, mesmo sem respostas prontas, poderiam através de um olhar ou abraço me confortar.

Sentia falta daqueles almoços gostosos para bater papo, conversar sobre assuntos mais profundos, desabafar minhas angústias, ou rir de nós mesmos, o que também é uma delícia. No começo também foi difícil entender o inglês, devido ao sotaque dos americanos, acredito que se tivesse um amigo ao meu lado, a gente daria boas risadas disso também.

Em um dado momento, percebi que não adiantaria ficar me lamentando e resolvi me abrir para novas amizades. O mais curioso é que me tornei amiga de pessoas que normalmente eu não me aproximaria, por serem muito diferentes de mim e, foi justamente isso que me fez expandir muito mais a minha perspectiva de vida.

Hoje moro na Flórida, por aqui a maioria das pessoas já estão vacinadas, aos poucos podemos ver sinais de uma certa normalidade. Por isso eu tive o privilégio e poder celebrar o meu aniversário junto de minhas amigas, pessoas de várias “tribos” diferentes. Gente, foi uma tarde incrível, pois, para a maioria delas, aquele foi o primeiro evento social após tanto tempo em lockdown. Um momento delicioso, onde pudemos nos abraçar, rir e comemorar a vida, depois de um período tão difícil. Veja aqui nesse vídeo como foi agradável.

O tempo não passa para os amigos

Você já reparou que quando encontramos um amigo ou amiga, parece que o tempo não passou? É como se a gente tivesse se visto na semana anterior, a conversa flui de onde parou. Não perdemos tempo com cobranças, que, aliás, eu detesto! Apenas aproveitamos aquele momento presente para criarmos ainda mais memórias que nos alegram e aliviam na hora do aperto.

Se onde você vive as coisas ainda estão complicadas, tenha paciência e celebre o Dia do Amigo a distância mesmo, pois, a amizade verdadeira resiste a tudo, aliás, são nos momentos mais difíceis que ela se fortalece e se mostra mais necessária. Caso seja possível, comemore a data de corpo e alma.

Um feliz Dia do Amigo pra você que está aqui agora lendo esse post, que ele toque o seu coração e te motive a ligar para todas as pessoas que você colocou no seu círculo de amizade, marquem um happy hour virtual se essa for a alternativa mais segura, mas celebre.

Aproveite e envie esse post para todos os amigos e amigas.

Beijo da Lu

Share:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Idioma:

Lu Marinho não tem medo de mudanças – nem as dela, nem as suas!
Com uma carreira consistente e estável, um belo dia resolveu mudar tudo e hoje trabalha com sua paixão, o design de interiores!

Faz isso tanto para clientes dos USA quanto do Brasil, em ambientes residenciais, comerciais e eventos corporativos. Além disso, em seu canal do YouTube dá dicas de decoração, DIY, boas compas, viagens, passeios, comidinhas e muito mais!

Últimos Posts

Rolar para cima